Notas ao café…

Dom «Quixote» Nader

Posted in livros ao café, notas ao café by JN on Junho 26, 2007

quixote1.jpg
Angel Boligan, «El Universal»

«Nisto descobriram trinta ou quarenta moinhos de vento que há naquele campo; e logo que Dom Quixote os viu disse ao seu escudeiro:
– A aventura vai guiando as nossas coisas melhor do que poderíamos desejar; porque vês ali, amigo Sancho Pança, donde se avistam trinta ou poucos mais desaforados gigantes, com quem penso travar batalha e tirar-lhes a todos as vidas, com cujos despojos começaremos a enriquecer; que esta é boa guerra, e é grande serviço de Deus arrancar tão má semente da face da terra.
– Que gigantes? -perguntou Sancho Pança.
– Aqueles que ali vês – respondeu seu amo – de braços compridos, que alguns costumam ter quase duas léguas.
– Olhe vossa mercê – retorquiu Sancho – que aqueles que ali se avistam não são gigantes, e o que neles parecem braços são as aspas, que volteadas pelo vento, fazem girar a pedra do moinho.
– Bem se vê – observou dom Quixote – que não estás formado nisto de aventuras; aquilo são gigantes, e se tens medo afasta-te daí e põe-te em oração enquanto eu vou entrar com eles em fera e desigual batalha.
E, dizendo isto, meteu esporas a Rocinante, sem atender aos brados que o seu escudeiro Sancho lhe dava, advertindo-o que sem a menor dúvida eram moinhos de vento e não gigantes aqueles que ia acometer. Mas ele ia tão convencido que eram gigantes, que nem ouvia os avisos do seu escudeiro nem adregava ver, embora estivesse já bem perto, o que realmente eram; antes ia dizendo em alta grita:
– Não fujais, cobardes e vis criaturas, que é um cavaleiro sozinho que vos acomete.
Levantou-se nisto um pouco de vento, e as grandes aspas começaram a mover-se, o qual visto por dom Quixote, este disse:
– Pois ainda que movais mais braços que os do gigante Briareu, haveis de pagar-mas.
E, em dizendo isto, e encomendando-se de todo o coração à sua senhora Dulcineia pedindo-lhe que em tal transe o socorresse, bem coberto com a sua rodela, com a lança em riste, arremeteu a todo o galope de Rocinante e investiu contra o primeiro moinho que tinha em frente; e dando-lhe uma lançada na aspa, o vento fê-la girar com tanta fúria que fez a lança em pedaços, arrastando atrás de si o cavalo e o cavaleiro, que foi rolando muito mal tratado pelo campo.
Acudiu Sancho Pança a socorrê-lo a todo o correr do seu asno, e quando chegou descobriu que o amo não se podia mexer; tal foi a pancada que deu com Rocinante.
– Valha-me Deus! – disse Sancho – não lhe disse eu a vossa mercê que olhasse bem o que fazia, que não eram senão moinhos de vento, coisa que não poderia ignorar se não tivesse outros moinhos na cabeça?
– Cala-te amigo Sancho – respondeu dom Quixote -, que as coisas da guerra, mais do que quaisquer outras, estão sujeitas a contínua mudança; quanto mais penso, e assim é verdade, que aquele sábio Frestão, que me roubou o aposento e os livros, transformou estes gigantes em moinhos para me furtar a glória de vencê-los; tal é a inimizade que me tem; mas, ao fim e ao cabo, hão-de poder pouco as suas malas-artes contra a bondade da minha espada.»

Retirado de «Dom Quixote», vol. I, cap. VIII, de Miguel Cervantes

Dom Quixote, o Cavaleiro da Triste Figura, protagoniza o que muitos consideram como o melhor texto de ficção já concebido. Montado em seu fiel Rocinante e acompanhado de Sancho, o Cavaleiro promove sucessos e combate agravos, ampara donzelas e endireita tortos. E embora a vida de cavaleiro andante seja dura, não lhe faltam momentos doces ao recordar-se de sua amada, a sem-par Dulcineia del Toboso, flor e espelho do género damesco.

Há sempre algo de romântico naqueles destinados a perder e que o sabem; aqueles que contra tudo e todos abraçam a derrota na luta por algo em que acreditam. E até aqueles cujos moinho de vento são os entraves à candidatura à presidência dos EUA. Tal é o caso do Sr. Ralph Nader, um independente, apoiado pelo Partido dos Verdes americano. Concorreu em 2000 e em 2004 e nestas últimas é considerado o responsável pela derrota de Al Gore na Flórida o que custaria ao Sr. Gore a presidência. O Sr. Nader pretende candidatar-se de novo e, como em 2000, já está a irritar os Democratas. Quanto a ser o desmancha-prazeres dos Democratas em 2004, apenas diz: «George Bush was the spoiler».

quixote2.jpg
Matt Wuerker, «Politico.com»

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. grassiane barbosa said, on Outubro 27, 2009 at 6:50 pm

    adorei sua história querido dom quixote por favor me manda um email


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: