Notas ao café…

Magna Merkel

Posted in notas ao café by JN on Setembro 14, 2009

hachfeld_14092009_1
Rainer Hachfeld, «Neues Deutschland»

Numa campanha que parece pautar pelo aborrecimento, com Angela Merkel pouca interessada em debates ou em comícios, a situação parece correr bem à Chanceler alemã. A economia alemã mostra sinais de recuperação, as previsões para o crescimento são positivas, a taxa de inflação é nula e, principalmente em época de eleições, ter podido salvar milhares de empregos só pode cair bem nas urnas para a Sra. Merkel. Foi o que aconteceu com a aquisição da Opel por parte da canadiana Magna, um processo em que  governo alemão esteve envolvido.

Mas enquanto o governo alemão festeja e se congratula com a venda da Vauxhall e da Opel à Magna, outros países europeus não mostram qualquer tipo de contentamento, antes pelo contrário. O governo belga acusa o alemão de proteccionismo e que deveria haver uma investigação por parte da Comissão Europeia:

[…] The German government has been accused of trying to push General Motors into selling its European operations — which include Opel and Vauxhall — to a consortium of investors that includes Canadian-Austrian car parts supplier Magna and Russia’s Sberbank, by sweetening the deal with promises of financial aid worth up to €4.5 billion. Although GM was uncertain about the pair, Magna was widely seen as offering the best deal for the German stakeholders.

Belgian Labor Minister Joëlle Milquet said that she feared that the Opel deal was endangering European unity. According to John Smith, GM’s vice president and the chief negotiator in the Opel deal, a Belgian plant in Antwerp is now in danger of closure.

“I think that the German government negotiated a deal purely in Germany’s interest. There has not really been any European cooperation and this is a pity,” Milquet told the news agency. And Belgian trade unions are advocating for a distribution of labor over all of Opel’s European plants so that none of them necessarily need to be shut down.

[…] Vince Cable, the deputy leader of Britain’s Liberal Democrats and that party’s treasury spokesperson, expressed fears that Germany’s “deal” might protect German jobs at the expense of British ones.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: