Notas ao café…

O apelo de McChrystal

Posted in notas ao café by JN on Setembro 22, 2009

powell_22092009_1
Dwane Powell, «Raleigh News & Observer»

“Do you understand you’ve got one more shot back home? Do you understand that?” perguntou o Senador Lindsey O. Graham ao Almirante Mike Mullen, Chefe do Estado Maior das Forças Armados dos EUA, quando este no Senado afirmou que provavelmente seriam necessários mais militares no Afeganistão para o sucesso da operação militar americana — embora nenhum pedido nesse sentido tenha sido (ainda) feito pelo General Stanley McChrystal, o comandante das forças da NATO no Afeganistão. “Yes, sir”, foi a resposta do Almirante Mullen.

keefe_22092009_1
Mike Keefe, «The Denver Post»

A questão do Senador não vem do nada e reflecte as sondagens que mostram que os americanos estão cada vez mais contra o esforço de guerra da administração no Afeganistão. Mas num relatório enviado ao Secretário da Defesa Robert M. Gates e que o Washington Post teve acesso, o Gen. McChrystal afirma que o sucesso ainda é possível mas precisa de mais tropas no próximo ano ou a missão estará destinada ao fracasso:

[…] McChrystal concludes the document’s five-page Commander’s Summary on a note of muted optimism: “While the situation is serious, success is still achievable.”

But he repeatedly warns that without more forces and the rapid implementation of a genuine counterinsurgency strategy, defeat is likely. McChrystal describes an Afghan government riddled with corruption and an international force undermined by tactics that alienate civilians.

He provides extensive new details about the Taliban insurgency, which he calls a muscular and sophisticated enemy that uses modern propaganda and systematically reaches into Afghanistan’s prisons to recruit members and even plan operations

anderson_22092009_1
Nick Anderson, «Houston Chronicle»

No outro lado está um Presidente com dúvidas: uma eleição presidencial extremamente disputada, o apoio à continuação de uma guerra que já dura há oito anos a diminuir no público americano e no Congresso (mesmo nos Democratas), o aumento do número de baixas forçaram a administração a ter que repensar toda uma estratégia:

[…] Instead of debating whether to give McChrystal, the top U.S. commander in Afghanistan, more troops, the discussion in the White House is now focused on whether, after eight years of war, the United States should vastly expand counterinsurgency efforts along the lines he has proposed — which involve an intensive program to improve security and governance in key population centers — or whether it should begin shifting its approach away from such initiatives and simply target leaders of terrorist groups who try to return to Afghanistan.

beattie_22092009_1
Bruce Beattie, «Daytona Beach News-Journal»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: