Notas ao café…

“Justiça Limpa”

Posted in notas ao café by JN on Novembro 6, 2009

05112009_1

4 de Novembro, Buenos Aires: O General Reynaldo Bignone, Presidente (de facto) da Argentina entre 1 de Julho de 1982 a 10 de Dezembro de 1983 e ex-comandante do exército, escuta seu advogado na sala do tribunal onde é acusado de crimes contra os Direitos Humanos durante a ditadura do regime militar, de 1976 a 1983. Bignone, de 81 anos, é acusado de sequestro e tortura de 56 pessoas detidas em centros de detenção secretos na base militar de Campo de Mayo, nos arredores de Buenos Aires, durante o período conhecido por “Guerra Suja” contra os membros da esquerda argentina. Além de ser acusado de sequestro e tortura, Bignone é também acusado de ter raptado os filhos a muitos destes prisioneiros. Outros cinco oficiais militares reformados também estão a ser julgados neste processo que se julga que irá decorrer até Março de 2010 (foto: Juan Mabromata/AFP/Getty Images).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: