Notas ao café…

A “fome” do petróleo

Posted in notas ao café by JN on Novembro 16, 2009

kountouris_15112009_3
Michael Kountouris, «Politicalcartoons.com»

Segundo o Tehran Times (que cita o Wall Street Journal), na previsão revista da Agência Internacional de Energia (AIE) para 2010, a procura de petróleo será maior do que se esperava. Segundo a AIE, a procura global de petróleo vai subir para 86,2 milhões de barris diários no próximo ano, o que representa um aumento de 140.000 barris por dia em relação ao seu relatório inicial de Outubro. Segundo esta agência, o consumo mundial de petróleo apresentava uma tendência para crescer no quarto trimestre, o que aconteceria pela primeira vez desde meados de 2008, devido principalmente ao maior consumo por parte dos países emergentes. A AIE adverte, ao mesmo tempo, que a subida do preço do crude pode provocar mais um colapso económico a nível mundial. Um dólar fraco e o aumento da actividade económica da China têm sido os principais impulsionadores do aumento dos preços do crude, que subiu quase 80 por cento este ano e está actualmente em torno dos 79 dólares por barril:

[…] Major production cuts by the Organization of Petroleum Exporting Countries the past year have been the biggest factor for higher prices, which have come despite a persistent overhang in oil inventory in industrialized nations since the start of the year.

But further gains in crude prices could bring trouble, the IEA said. “The recent price spike, if further extended, risks derailing the recovery. Not only that, but oil demand itself would rebound much more slowly were the price rally sustained into 2010,” it said in its report. The IEA serves as an energy advisor to industrialized nations such as the U.S. and Germany.

The agency kept its demand outlook on China, which accounts for much of the growth in world oil consumption, basically unchanged for 2009 and 2010 from its October report.

A procura mundial por petróleo em 2008 situa-se nos 84,7 milhões de barris por dia mas em 2030, a AIE estima que será de 105 milhões. Segundo a agência, 97 por cento deste aumento é provocado pelo sector automóvel e dos transportes, devido principalmente ao aumento do número de automóveis nos países em desenvolvimento. O consumo destes países, em 2030, será superior aos países industrializados da OCDE. Por essa altura, os EUA, Japão e a Europa irão consumir menos petróleo do que em 1980. Mas o primeiro grande pico no consumo será na Ásia, em particular na Índia e na China, onde o consumo se espera que aumente até 400 por cento em relação a 2008.

15112009_2

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: