Notas ao café…

Como alimentar o mundo

Posted in notas ao café by JN on Novembro 24, 2009

A recente cimeira da Organização para a Agricultura e Alimentação, em Roma, falhou e a declaração final da conferência não correspondeu, de um modo concreto e específico, à solicitação de 44 mil milhões de euros feita pelo director-geral da FAO, Jacques Diouf, e destinados ao desenvolvimento da agricultura, em particular na África e na Ásia. Bento XVI referiu que este deveria ser um problema prioritário e nunca ser objecto de especulação.


Paresh Nath, «The Khaleej Times»

Segundo estimativas, em 2050 a procura por alimentos de origem agrícola aumentará 70 por cento. Ao mesmo tempo verifica-se que o preço dos produtos alimentares está a aumentar colocando dificuldades na sua aquisição nos países menos desenvolvidos. Estes dois problemas forçam que os governos tomem, urgentemente, duas decisões: a de melhorar a capacidade agrícola das instalações já existentes e a tornar os mercados alimentares mais eficazes. Segundo a The Economist no artigo “How to Feed The World”, o segundo objectivo ainda está longe de ser atingido:

[…] None of the underlying agricultural problems which produced a spike in food prices in 2007-08 and increased the number of hungry people has gone away. Between now and 2050 the world’s population will rise by a third, but demand for agricultural goods will rise by 70% and demand for meat will double. These increases are in a sense good news in that they are a result of rising wealth in poor and middle-income countries. But they will have to happen without farmers clearing large amounts of new land (there is some scope for expansion, but not much) or using up lots more water (in parts of the world, water supplies are stretched to their limit or beyond). Moreover, they will take place while farmers also wrestle with the consequences of climate change, which, on balance, will do more harm than good to farmland round the world.

It may be too late to avoid another bout of price rises. Despite a global recession and the largest grain harvest on record in 2008, food prices are heading up again. Still, countries have a brief window of opportunity in which to set long-term policy goals without being distracted by panic measures. They need to do two things: invest in the productive capacity of agriculture and improve the operation of food markets.

Governments have done one but not the other. Over the past year investment has risen faster than anyone expected. But distrust of markets and a reaction against farm trade are growing. Unless governments restrain those impulses, they will undermine the gains from rising investment. […]


Rainer Hachfeld, «Neues Deutschland»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: