Notas ao café…

Mercados “piratas” bolsistas

Posted in notas ao café by JN on Dezembro 3, 2009


Dave Granlund, «Politicalcartoons.com»

J. Peter Pham, na Foreign Policy, é um dos jornalistas que há muito que segue o percurso dos piratas da Somália e, em especial, a sua economia. E este é um dos negócios mais rentáveis, ao que parece, da costa africana e os piratas são mais organizados do que pareciam dar a entender. Como escreve a Reuters, os piratas já criaram um “mercado bolsista” em Haradheere, o seu principal porto, onde as acção são vendidas em 72 “corretoras”. Os lucros, até agora, compraram inúmeros SUVs, objectos de luxo e até uma parte dos programas locais do governo central, como diz um pirata que foi entrevistado:

[…] “Four months ago, during the monsoon rains, we decided to set up this stock exchange. We started with 15 ‘maritime companies’ and now we are hosting 72. Ten of them have so far been successful at hijacking,” Mohammed said.

“The shares are open to all and everybody can take part, whether personally at sea or on land by providing cash, weapons or useful materials … we’ve made piracy a community activity.”

Com o nível de pobreza, de violência desta região, não será difícil de ver as razões porque a pirataria, apesar de todo o combate à mesma, não desaparecer. O negócio da pirataria da Somália é cada vez mais parecido com o tráfico de droga. Quem á apanhado são sempre aqueles que pouca importância têm na rede.


Arcadio, «La Prensa»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: