Notas ao café…

O “esperado” iPad

Posted in notas ao café by JN on Janeiro 31, 2010


Manny Francisco, «The Manila Times»

Após meses de “publicidade”, de milhares de entradas em blogs, de outros tantos comentários e especulações, Steve Jobs finalmente apresentou, perante uma multidão constituída principalmente por jornalistas, o novo “brinquedo” da Apple, o iPad, um tablet pc, vocacionado para tarefas como a navegação na Web, ver vídeos, ler livros e jornais. Em grande aparato, no meio de aplausos, Jobs apresentou a sua surpresa e sem surpresa todos virão o que já todos esperavam: o iPad é um iPhone “gigante”, mas com algumas melhorias que até podem impressionar, afinal o lema de Steve Jobs é melhorar sempre o que já existe, sem olhar a preços.

Sobre o iPad escreve Sasha Frere-Jones na New Yorker:

I started drinking the Kool-Aid so long ago that I can no longer taste it. I am sure I will continue my unbroken streak of mindless devotion to Apple and find a way to love the iPad, no matter how expensive and unnecessary it is.


Chappatte, «International Herald Tribune»

Como escreve Konrad Lischka na Der Spiegel, espectadores atentos e particularmente interessados nas potencialidades do iPad, foram os jornais. Jennifer Brook do New York Times chegou a afirmar que “o iPad capturou a essência de ler um jornal” e muitos já esperam que o novo membro da família Apple, e os que se seguirão, seja o salvador de uma indústria em crise: abandonar progressivamente as edições em papel e poder cobrar pelos conteúdos online. Escreve Lischka que a ideia faz sentido, mas será preciso algo mais, além do iPad, para o conseguir:

[…] The current thinking in the media industry is that it will soon be possible to charge for digital content, as soon as there are new, better devices. Up to now users have not been willing to pay for content on the Internet. Magazines and newspapers hope that the Apple iPad will succeed in bringing about this revolution. While this is far from certain, it is also not a completely absurd idea. As long as the media industry manages to offer something new for these new devices.

And capturing “the essence of reading an newspaper” won’t cut it. If the new technology develops in the way manufacturers like Apple hope, then iPads, Google Netbooks and Kindles won’t just be about reading. They will be devices that entail viewing, clicking and a whole lot more. And when it comes to journalism, it will mark a complete upheaval in how news is delivered.

[…] The essence of a newspaper is good journalism. How it can be made to function on devices like the iPad is a pressing question — perhaps just as important as how to make money from the content online.


Brian Fairrington, «Cagle Cartoons»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: