Notas ao café…

O sismo do Chile

Posted in notas ao café by JN on Março 1, 2010


Olle Johansson

Depois do sismo de magnitude 8,8, um dos mais violentos dos últimos cem anos, que abalou o Chile, o tsunami que se seguiu e as três réplicas posteriores, o número de vítimas já soma cerca de 711 pessoas. Mais de dois milhões de pessoas tiveram que ser deslocadas de suas casas. A maior parte das mortes ocorridas fora, na zona costeira da região de Maule, que também foi a mais abalada pelo tsunami que se seguiu [Fotos: Flickr e New York Times].

A Presidente Michelle Bachelet, anunciou o aumento das tropas colocadas nas regiões mais afectadas pelo sismo de sábado, designadamente Maule e Concepción, elevando para sete mil o total de militares mobilizados. O Ministro da Defesa Francisco Vidal admitiu que a marinha cometeu um erro ao não activar de imediato o sistema de alerta contra tsunamis depois do sismo inicial.

Com os 500 mil habitantes de Concepción sem acesso a água e alimentos, ocorreram saques e distúrbios que tiveram que ser controlados pelas forças militares. O recolher obrigatório foi imposto nas áreas atingidas pelo sismo.

Escreve a The Economist:

[…] The earthquake struck just as the Chilean economy was beginning to recover after an estimated contraction of 0.9% in 2009. The after-effects will hamper the exports that drive the country’s growth. Copper, Chile’s biggest earner abroad, is produced mainly in the north of the country which was unscathed. But damage to ports further south may hamper shipments of forestry products, including wood pulp, while exports of fruit, now at the height of the harvest season in the southern hemisphere, will face delays as a result of damage to the main roads of central Chile.

Despite the earthquake’s likely impact on growth in the first and, possibly, the second quarter, it may actually provide a boost for the economy in the medium term as the government spends heavily to repair the damage. This is welcome news for the country’s president-elect, Sebastián Piñera, who is set to take office on March 11th and was voted in on an ambitious promise of average economic growth of 6% annually over his four-year term.

Until assessment of the damage is complete, it is hard to estimate the cost of reconstruction. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: