Notas ao café…

Fantasmas do passado

Posted in notas ao café by JN on Março 4, 2010


Riber Hansson, «Svenska Dagbladet»

Radovan Karadzic, conhecido como o 2carniceiro dos Balcãs”, responde no Tribunal Criminal Internacional para a antiga Jugoslávia a 11 acusações, incluindo genocídio, crimes de guerra, crimes contra a humanidade e outras atrocidades durante a guerra da Bósnia, entre 1992 e 1995, na qual mais de cem mil pessoas morreram. Karadzic insistiu durante semanas em fazer a própria defesa e boicotou a maioria das sessões desde a abertura do seu julgamento, no dia 26 de Outubro. O tribunal acabou por impor um advogado em Novembro, que compareceu com réu ao tribunal nesta segunda-feira.

Ao proferir a declaração de abertura da sua defesa no reinício de seu julgamento no tribunal de Haia, Radovan Karadzic retratou a guerra na Bósnia como uma acção de auto-defesa pelos sérvios bósnios contra os muçulmanos que, segundo ele, estavam decididos a dominar o país e que a causa sérvia era “justa e sagrada”.


Bado, «Le Droit»

Em Haia, Karadzic acordou fantasmas do passado e a prisão de um outro senhor da guerra bósnio, Ejup Ganic, ameaça reabrir feridas antigas nos Balcãs, como escreve a The Economist:

[T]he Ganic affair is about far more than determining who was guilty for what happened that spring day on Dobrovoljacka Street. Even if Mr Ganic’s lawyers secure his release before he is extradited to Serbia, which is far from certain, his arrest threatens to have damaging consequences for Serbia’s attempts to rejoin the European fold. Under the leadership of President Boris Tadic, Serbia has in recent years enjoyed a warming of relations with Brussels (the arrest of Mr Karadzic in July 2008 helped).

The danger is that the EU will interpret the attempt to bring Mr Ganic to book as a sign that the bad old days of recalcitrant Serbian nationalist governments playing to domestic audiences and sticking two fingers up to the West are not entirely past—and that the prospects of membership, which Mr Tadic says is a priority for his government, will be set back.

Beyond Serbia’s borders, relations between Serbia and Bosnia, which had significantly improved in recent months, thanks in part to assiduous work by Turkey, are likely to suffer. And within Bosnia itself, relations between Serbs on the one side and Bosniaks and Croats on the other, already chilly, may well deteriorate further. This is an election year, and the Ganic affair will provide much fuel for nationalist flames.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: