Notas ao café…

Pós-eleições do Iraque

Posted in notas ao café by JN on Março 31, 2010


Paresh Nath, «The Khaleej Times»

Leslie Campbell, na Foreign Policy, escreve que não há razões para Nouri al-Maliki, o actual primeiro-ministro do Iraque, ou outro qualquer levantar suspeições sobre as eleições no Iraque, que Ayad Allawi venceu de uma forma tangencial. Para Campbell o processo ocorreu de uma forma democrática:

[…] The March 7 election, despite sporadic problems, was genuinely competitive. Every available objective measure tells the same story: The will of the people was expressed in the election results. These results can and should form the basis for the country’s governance. […]

Juan Cole, no Reader Supported News, no entanto traz outras notícias que podem ameaçar o futuro próximo do Iraque. Ahmed Abdel Hadi Chalabi, um antigo político iraquiano e um apoiante da invasão americana, presidente da comissão que supervisiona o processo eleitoral, pretende desqualificar seis candidatos que foram eleitos nas eleições devido às suas ligações com o proibido partido Baath, de Saddam Hussein. Três deles pertencem à lista de Iyad Allawi, o que reduziria o número de lugares da Iraqiya de Allawi de 91 para 88, passando desta forma a lista de Nouri al-Maliki a ser a mais votada. A acção de Ahmad Chalabi (que também foi eleito pela Aliança Unida do Iraque, um partido fundamentalista xiita), poderá provocar tumultos entre os sunitas, os principais patrocinadores da lista de Allawi, juntamente com secular classe média xiita urbana.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: