Notas ao café…

Franquismo contra Garzón

Posted in notas ao café by JN on Abril 10, 2010


El Roto, «El País»

O juiz de instrução do Supremo Tribunal espanhol, Luciano Varela, irá levar o juiz Baltasar Garzón a sentar-se no banco dos réus por por prevaricação por ter lançado uma investigação sobre os desaparecidos da guerra civil e do franquismo, violando a lei de amnistia geral de 1977. Em documentos divulgados, o juiz Varela  acusa-o de “desconhecer princípios essenciais do Estado de Direito” e de actuar mediante “objectivos não justificáveis”. Partidos políticos e vários responsáveis espanhóis já reagiram a esta decisão polémica de Varela de levar Baltasar Garzón a tribunal, na sequência de uma acusação formulada pela organização franquista Falange e pela organização de extrema-direita Manos Limpias. A acção de Luciano Varela incomodou José Luis Rodríguez Zapatero e mais de 50 juristas colocaram-se ao lado de Baltasar Garzón assim como as famílias dos desaparecidos.

É algo que actualmente ultrapassa as fronteiras de Espanha. Sinal disso é o editorial de 8 de Abril do New York Times que sai em defesa do juiz Baltasar Garzón. Neste editorial o NYT afirma que as acusações contra Gárzon têm motivos políticos e devia ter sido rejeitada pelos tribunais espanhóis. Segundo este jornal os verdadeiros crimes foram os desaparecimentos, durante a guerra civil e ditadura de Franco, não as investigações do Sr. Gárzon. Para este jornal a suspensão por 20 anos de Baltasar Garzón agradaria muito aos seus inimigos mas seria uma nódoa para a justiça. Comentários semelhantes apresenta também o The Guardian e o francês Le Monde.


Arcadio, «La Prensa»

Antonio Franco, no El Periódico de Catalunya, escreve que ainda há facturas morais do tempo da ditadura a pagar e que é uma boa altura para recordar como, ao mais alto nível, a justiça espanhola ainda está contaminada pelo franquismo; para ele é altura de julgar os que querem julgar Baltasar Garzón:

[…] Para una buena parte de los ciudadanos, Garzón es el juez del coraje para intentar llevar a los banquillos a todo lo que hay, junto a los pistoleros, en el terrorismo de ETA; a todo lo que rodea al narcotráfico; a todo lo que envolvía al terrorismo de Estado de los GAL; a las responsabilidades de las principales entidades bancarias en relación a depósitos económicos en paraísos fiscales; a las actividades delictivas de Pinochet. […]
Para muchos ciudadanos, Garzón está siendo acorralado en sospechosa coincidencia con sus investigaciones en el caso Gürtel, la corrupción presuntamente relacionada con el PP o con actividades financieras de algunas personalidades relacionadas con este partido. Parece claro que si quienes le atacan consiguen desprestigiarle e inhabilitarle, las pruebas que ha logrado reunir Garzón sobre estos delitos quedarán relativizadas.

Para muchos ciudadanos resulta incomprensible que la investigación de los crímenes del franquismo se acabe convirtiendo en una investigación al juez que intenta levantar una punta de la espesa alfombra que todavía los recubre. Y como si se tratase de la prueba del nueve, la presencia de los fascistas de Falange Española en lo que podríamos llamar la actuación coordinada o trama, en el sentido popular de la palabra, que acusa al juez, deja las cosas claras sobre el sentido ideológico de lo que intentan imputarle.
Afortunadamente, la opinión pública está dándose cuenta de lo que sucede y con ello, con la lupa colectiva puesta sobre las actuaciones del Supremo en relación con este juez, se empieza a producir el efecto que señalaba antes: quien va a ser juzgado por el sentido común y por la racionalidad de los ciudadanos es más el alto tribunal que la persona a la que algunos quieren ver en el banquillo. […]


Angel Boligan, «El Universal»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: