Notas ao café…

O Obama britânico

Posted in notas ao café by JN on Abril 23, 2010

Steve Caplin

No segundo debate entre Gordon Brown, David Cameron e Nick Clegg o ambiente aqueceu quando o assunto passou a ser política internacional e, em especial, quando os três candidatos a primeiro-ministro do Reino Unido debateram sobre o arsenal nuclear britânico. Gordon Brown criticou o Nick Clegg e acusou-o de ser um risco para a segurança com sua política sobre armas nucleares. o Sr. Clegg não acredita que Cameron e Brown se queiram comprometer a gastar 100 mil milhões de libras para renovar o velho sistema de mísseis nucleares Trident. O Sr. Cameron, por seu lado, defendeu a manutenção do arsenal nuclear. Acima de tudo, armas nucleares à parte, o segundo mostrou Gordon Brown e David Cameron tentarem tomar conta do debate e ao mesmo tempo tentar colocar à parte Nick Clegg, o vencedor do primeiro. Mas, segundo o The Guardian, Nick Clegg sobreviveu.

Nick Clegg é agora cobiçado por conservadores e trabalhistas, tendo em vista uma eventual coligação. Gordon Brown já estendeu a mão aos liberais democratas. O primeiro-ministro afirmou que a reforma das instituições é um terreno comum entre os dois partidos e que cabe aos liberais responder. Nick Clegg respondeu dizendo que Brown é um “político desesperado” em quem não deposita nenhuma confiança. Gordon Brown perdeu o debate e Nick Clegg e David Cameron sairam empatados neste segundo debate.

É sobre a nova estrela da política britânica que Katrina Vanden Heuvel — editora da The Nation na qual Nick Clegg trabalhou — escreve na Foreign Policy, sobre a Cleggmania que existe actualmente no Reino Unido e que o Sr. Clegg é uma alternativa real aos Trabalhistas e Conservadores: afinal ele já foi comparado a Winston Churchill, Barack Obama, à Pincesa Diana, Tony Blair e até a Jesus Cristo:

[…] After stealing the show from Labour’s Gordon Brown and the Conservative Party’s David Cameron in Britain’s first-ever televised debate on April 15, Clegg and his party have surged in the polls and media attention, creating, as one British reporter described it, “the hysterical condition known as Cleggmania.” But in this case, the mania is backed up by hard facts. According to a YouGov poll for the Sun, the party is leading with, as the newspaper put it, “a staggering 33 per cent.” This is the first time the Lib Dem party has been in the lead in a general-election race in 104 years. […]

E uma estrela precisa de um bom produtor. O The Guardian Nick Clegg escreveu que terá sido contratado um homem que já trabalhou com David Bowie e os U2, Brian Eno. Este terá sido contratado em 2007 como consultor.


Martin Rowson, «The Guardian»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: