Notas ao café…

Tragédia Euro

Posted in notas ao café by JN on Abril 29, 2010


Joep Bertrams (Holanda)

Os mercado em todo o mundo caíram após a notícia de que a agência de rating Standard & Poor’s baixou o rating da Grécia para o nível de “junk”, tornado ainda mais complicado o plano de ajuda a este país por parte da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional. A nova classificação é incomum para uma nação do mundo desenvolvido, embora alguns afirmem que está em bancarrota.

O rating também tornará mais difícil a Grécia financiar sua dívida com os investidores a exigirem agora maiores taxas de juros. A Grécia está actualmente a trabalhar num plano de austeridade que inclui o aumento de impostos, salários mais baixos para o governo e a privatização de serviços públicos. O sector dos transporte entrou em greve devido aos cortes na terça-feira e milhares protestaram contra o pedido de ajuda do governo ao FMI.

Angela Merkel afirma que a adesão da Grécia ao euro pode ter sido um erro e alertou para as consequências que a dívida grega pode ter para todo o grupo euro. A Sra. Merkel exige da Grécia um plano de austeridade ainda mais apertado e pediu que as negociações entre a Grécia, o FMI e os parceiros da zona euro se acelerassem, porque quanto mais a crise se arrasta, mais a estabilidade da eurozona fica em perigo. Segundo um deputado alemão, o dinheiro de que a Grécia precisa para equilibrar as contas pode atingir os 120 mil milhões de euros, ou seja, mais do dobro dos 45 mil milhões oferecidos pela UE e o FMI.


Dave Granlund, «Politicalcartoons.com»

São cada vez maiores os receios de que a crise da dívida grega contagie outros países. Para os contrariar, o FMI está a estudar a possibilidade de aumentar a quota de participação no pacote de ajuda financeira à Grécia; o FMI poderá contribuir com 25 mil milhões de euros, a que se somam os 30 mil milhões da UE, apesar das reticências do governo alemão.

As notícia que chegam de Espanha e Portugal — Alemanha e BCE afirma que a situação de Portugal e da Grécia não se comparamnão melhoram o panorama que se vive na UE. A Comissão Europeia reafirma a confiança no Programa de Estabilidade e Confiança português e o governo português afirma que o euro e a economia nacional sofre um ataque dos mercados financeiros. Francisco Louçã vai mais longe e defende uma  a criação de uma agência europeia de notação que “diga a verdade”.

Escreve Gavin Hewitt, editor de Economia da BBC:

[…] German bankers fear that the funds needed to save Greece will be much higher than announced. As it lives through its era of austerity Greece’s ability to pay back loans may become harder. It may need long-term support. Some believe a similar package will be required in 2011 and perhaps 2012.

We now enter an uncertain period. Will the financial markets test Portugal or Spain? The Spanish economy is five times the size of Greece. Will other bail-outs be needed and would the German taxpayer revolt against helping out others?


John Trever, «Albuquerque Journal»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: