Notas ao café…

Israel vs. Mundo

Posted in notas ao café by JN on Junho 1, 2010


Frederick Deligne, «Nice-Matin»

O primeiro-ministro israelita, Binyamin Netanyahu, lamentou nesta segunda-feira a morte de pelo menos dez pessoas no ataque de forças de Israel a navios que supostamente levavam ajuda humanitária à Faixa de Gaza, mas mantém a posição de Israel que os militares agiram em legítima defesa no incidente. A resposta internacional foi rápida. A Turquia de imediato chamou o seu embaixador e alertou para possíveis consequências. O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu uma investigação e no Conselho de Segurança, reunido de emergência, Israel foi duramente criticado em especial pela Turquia e o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou Israel de ter cometido um acto de “terrorismo de Estado” ao ordenar o ataque contra a frota.

No Haaretz, Amos Harel escreve que os danos não podem ser subestimados: segundo Harel a presença de um activista árabe de nacionalidade israelita entre as vítimas pode provocar tumultos e mesmo dar origem a uma terceira intifada. No mesmo Haaretz Bradley Burston escreve que Israel já ultrapassou a fase em que se defende; Israel defende agora o cerco à Palestina. Para Burston este cerco é o Vietname de Israel. No The Jerusalem Post, Danny Ayalon em entrevista acusa a frota de estar ligada à al-Qaeda e ao Hamas.

Binyamin Netanyahu cancelou a sua viagem a Washington e neste jogo de acusações Israel vê-se isolado e o mundo espera a reacção da Casa Branca. Barack Obama está agora entre dois aliados estratégicos e de longa data dos EUA: Israel e a Turquia.

Jeffrey Goldberg, na The Atlantic, escreve:

[…] I’m trying to figure out this story for myself. But I will say this: What I know already makes me worried for the future of Israel, a worry I feel in a deeper way than I think I have ever felt before. The Jewish people have survived this long in part because of the vision of their leaders, men and women who were able to intuit what was possible and what was impossible. Where is this vision today? Israel may face, in the coming year, a threat to its existence the likes of which it has not experienced before: A theologically-motivated regional superpower with a nuclear arsenal. It faces another existential threat as well, from forces arguing that Israel’s morally disastrous settlement policy fatally undermines the very idea of a Jewish state. […]


“Mideast Peace”
Stephff, «The Nation»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: