Notas ao café…

Alívio a Gaza

Posted in notas ao café by JN on Junho 18, 2010


Paresh Nath, «The Khaleej Times»

Israel anunciou nesta quinta-feira que vai aliviar o bloqueio à Faixa de Gaza. A decisão foi tomada cerca de um mês depois do ataque israelita a uma frota que tentava furar o bloqueio a Gaza, para levar ajuda humanitária ao território. A lista dos produtos que poderão entrar no território palestino inclui todos os tipos de alimentos e ainda brinquedos, artigos de papelaria, utensílios de cozinha, colchões e toalhas. Após o anúncio por parte do governo israelita, o Hamas, grupo islâmico que controla a Faixa de Gaza, pediu o fim completo do bloqueio.

Jonathan Marcus, da BBC, escreve que a decisão de Israel é vaga e contém poucos detalhes e tudo vai depender de como ela for implementada; muitos analistas israelitas argumentam que a guerra económica contra o Hamas falhou e que agora o único objectivo de restrições impostas por Israel deve ser o de impedir o contrabando de armas para a Faixa de Gaza.


Jimmy Margulies, «The Record of Hackensack»

Hussein Ibish, na Foreign Policy, escreve que aos poucos e sem que ninguém aparentemente se aperceba, os palestinianos estão a construir um Estado e que chegou a altura do resto do mundo ajudar, porque se o plano da Autoridade Palestina falhar o poder cairá em definitivo no Hamas: alívio

[I]n Bethlehem, far away from the television cameras and breathless news reports, 2,000 Palestinian financiers also gathered recently at the second Palestine Investment Conference to quietly go about the business of building the economy of a viable Palestinian state. They discussed almost $1 billion in new projects targeting high-growth sectors, including information and communications technology, housing, and tourism. The politics of the conference represent a paradigm shift quietly taking place in the West Bank under the leadership of Palestinian Authority President Mahmoud Abbas and Prime Minister Salam Fayyad, in which Palestinians are increasingly turning to the mundane, workaday tools of governance and development as their principal strategy for ending the occupation. […]

The most important of these initiatives is the state- and institution-building program adopted by Fayyad’s cabinet last August. This program marks an attempt to build the administrative, infrastructural, and economic framework for a Palestinian state — not only in spite of the occupation, but as a means of confronting it. The plan calls for every PA ministry to meet a series of administrative and institutional goals, from economic and infrastructural developments to good governance and transparency measures. A budget document released in January added even more details to the program. The idea is that, if you build the state, it will come. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: