Notas ao café…

A guerra pela Vivo

Posted in notas ao café by JN on Julho 5, 2010


Angel Boligan, «El Universal»

Por sentido de Estado ou ego (falta ainda saber) José Sócrates conseguiu dividir mais uma vez as opiniões e desta vez para lá da fronteira. Desta vez foi o ter utilizado a golden share do Estado na PT para inviabilizar a venda da Vivo à espanhola Telefónica. Numa entrevista ao El País o primeiro-ministro justifica a acção do governo como racional e não política na defesa de uma empresa considerada estratégica. Sobre as críticas da Comissão Europeia, o Eng. Sócrates acha que Bruxelas não tem razão porque o Estado não se outorgou quaisquer direitos especiais na PT e a queixa da Comissão Europeia reflecte algum preconceito contra a posição accionista dos estados, uma postura que não é apenas económica, mas de posições ideológicas ultraliberais contra a presença do Estado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: