Notas ao café…

O poder da junta

Posted in notas ao café by JN on Novembro 9, 2010


Paresh Nath, «The Khaleej Times»

Foi uma oposição dividida e desorganizada que compareceu às eleições na Birmânia (Myanmar) e sem surpresa, a junta militar venceu as primeiras eleições naquele país em 20 anos. A junta militar chefiada pelo General Than Shwe, e outros partidos apoiados pelo Exército, muito provavelmente ficaram com quase todos os lugares no parlamento depois de uma eleição na qual o principal partido da oposição, a Liga Nacional para a Democracia de Aung San Suu Kyi, foi excluído. A afluência às urnas terá sido muito baixa, apesar dos avisos da junta militar. Barack Obama, o secretário do Exterior britânico, William Hague, e outros líderes internacionais, consideraram as eleições como uma farsa.

E depois das eleições, eclodiram combates entre os rebeldes Karen e tropas governamentais, na região sul do país. Os rebeldes teriam capturado um posto da polícia e um dos correios, na cidade fronteiriça de Myawaddy. Pelo menos 10 mil refugiados fugiram pela fronteira para a Tailândia para fugir aos combates, segundo os militares tailandeses.

O próximo teste para o regime birmanês virá no sábado, quando o mandato de prisão de Aung San Suu Kyi chegar ao fim. Os EUA, Reino Unido, a UE e o Japão continuam a apelar à libertação da Prémio Nobel, que esteve sob prisão domiciliar durante a maior parte dos últimos 20 anos, depois de vencer com uma vitória esmagadora as últimas eleições do país em 1990. Desta vez, a Sra.  Suu Kyi apelou ao boicote eleitoral.

No Asia view escreve-se:

[…] The NDF is a breakaway faction from the party of Myanmar’s detained pro-democracy leader, Aung San Suu Kyi. Her loyalists had urged a national boycott of the polls. Estimates of the turnout vary from 35% to 60%, but it is hard to know whether voters stayed home because of the boycott. Apathy and ignorance may have been bigger factors in a country where politics has long been off-limits. Perhaps it might become a little less taboo now.


Stephff, «The Nation»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: