Notas ao café…

Os dias do Coronel

Posted in notas ao café by JN on Fevereiro 23, 2011


Chappatte, «International Herald Tribune»

Na Líbia usou-se a força na tentativa de esmagar a crescente ameaça dos protestos nas ruas contra o regime em vigor no país. Em Tripoli, testemunhas afirmaram, nesta terça-feira, que alguns bairros foram atacados por meios aéreos e mercenários leais ao regime.

Em Benghazi, a segunda maior cidade da Líbia e o centro da actual revolta, caiu nas mãos dos manifestantes. Na cidade foram organizados grupos de vigilantes para garantir a segurança, de acordo com um morador.

Na Time, Vivienne Walt escreve que a Líbia vive um estado de guerra civil no momento e que o número de mortos é difícil de calcular, mas muitas organizações humanitárias falam em mais de 400.

Depois de rumores que afirmavam que o Coronel Muammar Khadafi tinha fugido para a Venezuela, este apareceu rapidamente na televisão estatal na noite desta segunda-feira para desmentir o rumor. Nas imagens mostradas pela televisão, o Coronel apareceu, sentado num carro, diante de um prédio parcialmente destruído, de guarda-chuva aberto.


Martin Sutovec

No seu discurso, o líder líbio afirmaria que “Eu não sou Presidente, sou o guia da revolução”, recusou qualquer hipótese de se afastar do cargo que ocupa há 42 anos e que está pronto para morrer pelo seu país como um mártir. Discurso semelhante já tinha sido feito pelo seu filho e provável herdeiro, Saif al-Islam al-Khadafi.

Sobre Saif al-Islam al-Khadafi, Elizabeth Dickinson escreve que com o seu discurso caiu um mito que estava a crescer nos meios diplomáticos ocidentais: que o herdeiro de Muammar Khadafi era um moderado e u reformador devido à sua educação europeia.

Na Der Spiegel, Carsten Volkery escreve que apesar de todos os governos europeus terem condenado a violência que se vive na Líbia, estão de mãos atadas e simplesmente não têm qualquer influência no país de Khadafi e além disso estão divididos quanto ao modo de actuar:

[…] But what can the West really achieve? So far, the collective indignation from all manner of government officials in Europe and North America has had precious little effect. The war being waged in the streets of Libya by dictator Moammar Gadhafi against his own people is continuing. Once again, violence erupted across the country on Tuesday.

Those familiar with the Gadhafi regime are hardly surprised: The West, after all, has little influence in Libya. Oil riches make the North African country largely independent and diplomatic relations have long been difficult at best, particularly with the US. Whereas the administration of President Barack Obama had a certain amount of leverage with the Egyptian military during protests there, Washington has little contact with Tripoli. Indeed, the country spent years on the black list of states which support terrorism. Only in 2008 were diplomatic relations re-established. […]

[T]he EU, once again, is divided in its approach. On Monday, EU foreign ministers meeting in Brussels strongly condemned the regime’s crackdown on protestors. But they weren’t able to agree on any sanctions. Demands for punitive measures made by Finland and other Scandinavian countries were rejected.

Italy in particular has resisted sanctions because the government of Prime Minister Silvio Berlusconi doesn’t want to endanger its close economic ties with its former colony. It is also worried about a new wave of refugees from North Africa. […]

Na mesma Spiegel escreve-se que durante anos a Europa preferiu ignorar o que se passava sob o regime de Muammar Khadafi e ser cada vez mais dependente do petróleo deste país.


Olle Johansson

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. mar aravel said, on Fevereiro 25, 2011 at 11:50 pm

    As sombras

    não passam do chão


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: