Notas ao café…

Tsunami nuclear

Posted in notas ao café by JN on Março 16, 2011


RJ Matson, «Roll Call»

A Comissão Europeia alertou para o facto que a situação na central nuclear japonesa de Fukushima está completamente “fora de controlo” e o comissário europeu da Energia, Günther Oettinger, qualificou o acidente nuclear no Japão como um “Apocalipse”.

Seja qual for o seu desfecho, a crise nuclear do Japão já está a ter as suas consequências no resto do mundo. Manifestações antinuclear já ocorreram na Alemanha, Itália e França. Alguns países mostram-se preocupados com a segurança das suas centrais ou dos seus vizinhos e a energia atómica — depois de ter recuperado de Chernobyl — começa perder rapidamente o lugar de energia alternativa aos combustíveis fósseis no combate ao aquecimento global. Alguns países suspenderam os planos de construção de centrais, a UE quer fazer testes às centrais que existem na zona comunitária e Angela Merkel — que tem que enfrentar eleições regionais e sempre se mostrou uma entusiasta da alternativa nuclear e da extensão do prazo de vida dos reactores mais antigos em serviço–  anunciou o fecho temporário de 17 reactores mais antigos, mas não foge às críticas da oposição

[…] “If Merkel had not pressed the emergency stop button on Monday, then landslide defeats for her governing coalition at the upcoming state elections would have been the result. But even after her political U-turn, that danger is not yet past. It is quite clear that Japan has once again become a symbol of the overwhelming power of uncontrollable atomic energy. Hiroshima marked the terrible beginning of the nuclear age in military terms. Almost 70 years later, Fukushima marks its end in terms of civilian use.”

“But just a few weeks before Fukushima, the current German government gave nuclear energy a clean bill of health, in the form of the operating-life extension. That fact will not be forgotten, no matter how much action the administration takes ahead of the state elections. The government has been branded: Merkel is the atomic chancellor, and Mappus is its top nuclear lobbyist.” […]


Clay Bennett, «Chattanooga Times Free Press»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: