Notas ao café…

O problema partidário

Posted in notas ao café by JN on Abril 11, 2011

Não faço a mínima ideia qual o sentimento de Fernando Nobre para com o PSD ou se alguma vez votou neste partido. Mas o casamento deste com o PSD é notícia maior do que a entrada dos técnicos do FMI em Portugal. Foi provavelmente a melhor forma que Passos Coelho encontrou para conseguir votos do centro-esquerda, se quer chegar a uma maioria, ao convidar o líder de um movimento cívico que fez história na sociedade portuguesa — quatorze por cento é um número que até impressiona (se estes o perdoam é outra história). Numa era em que as máquinas partidárias são cada vez menos interessantes, vinculadas a interesses que pouco têm a ver com o interesse de todos, nada melhor do que oferecer algo que aparentemente poderá ser diferente. Esta é a primeira conclusão a tirar deste convite (o PS terá feito um semelhante): os partidos já não atraem ninguém.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: